Cecilio no Escritório

Cecilio no Escritório
Cecilio no Escritório

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

CASO NOVO NO GOVERNO PETISTA = FRAUDE NO ENEM

REPORTAGEM DO G1 em 01.10.2009, por Rafael Targino em Brasília :

O Ministério da Educação (MEC) disse, em nota divulgada nesta quinta-feira (1), que "já tomou providências" junto à Polícia Federal e ao Ministério da Justiça para apurar quem vazou a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que iria acontecer neste final de semana, mas foi cancelada. A nova prova, segundo o MEC, deve acontecer em 30 ou 45 dias. Segundo a nota o Inep já possui uma segunda prova e deve anunciar a nova data nos próximos dias, depois de reorganizar a logística. De acordo com o MEC, os alunos serão informados pelo correio, pelo celular e pela internet quando a nova data e os locais forem confirmados. As provas foram adiadas agora, diz a nota do ministério, por motivos de segurança.

Ainda segundo a nota, em razão do adiamento, o resultado final das provas, inicialmente previsto para o dia 8 de janeiro, deve atrasar em cerca de um mês.

O MEC cancelou a prova após denúncia feita pelo jornal "O Estado de São Paulo", de que a prova teria vazado. O jornal diz que foi procurado por um homem que disse ter as duas provas que seriam aplicadas no sábado (3) e no domingo (4), e que queria vender o material por R$ 500 mil.

Cerca de 4,1 milhões de candidatos realizariam o exame nos dias 3 e 4 de outubro.

NOTA DESTE BLOGUEIRO :

Antes : As provas do ENEM funcionavam em uma perfeição extraordinária, os candidatos efetuavam as inscrições, recebiam em casa pelo correio um envelope com ficha, endereço onde seria realizada a prova, ( normalmente o mais perto de casa possível ), resultados pela internet, e várias outras facilidades.

Agora : Alunos/Candidatos enviados para até outros munícipios, não recebem envelope e pasmem : FRAUDE, VAZAMENTO DE PROVAS.

E o ministro da educação o que diz ? VEJA ABAIXO :

- Haddad disse que ficou “feliz” pelo fato de os estudantes não terem feito a prova. “Em primeiro lugar eu fico feliz não terem feito a prova, você imagina o que seria cancelar a prova depois de realizá-la. Seria um trauma muito grande [para os alunos]”, disse o ministro. “Quem está inscrito permanece inscrito, basta aguardar nova data. [O estudante] deve usar o tempo que ganhou com esse incidente para estudar.”

Quando na verdade ele deveria estar chorando de tristeza em razão de seu ministério estar passando por tudo isto, traumatizados estamos nós com tanta incompetência.

2 comentários:

Elvis N. disse...

Deve haver algo mais eficiente. Acho que o ENEM já deu o que tinha que dar...

Cecilio Gomes disse...

Caro Elvis,

Você como sempre prestigiando este blog, fico grato.
O ENEM não precisa deixar de existir, ele precisa ser aperfeiçoado, em seu conceito ele é muito bom, imagina só se deixarem de existir os vestibulares e passe a ter apenas o ENEM ?
Acabaria com todo o estresse que hoje os pretendentes a cursos superiores passam, participando de 3, 4 ou até mais vestibulares.
O melhor mesmo ainda seria termos uma educação de qualidade do pré até o ensino médio, termos vagas para todos pretendentes, não havendo necessidade de vestibulares, ENEM ou qualquer outro tipo de seleção.
O aluno seria classificado pelo seu histórico escolar, os melhores iriam para as melhores universidades, podendo escolher ou ser escolhido, assim por diante.
O que você acha ?