Cecilio no Escritório

Cecilio no Escritório
Cecilio no Escritório

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Nossa Soberania no Governo do PT - Submarinos Franceses e a Odebrecht, o que há NISTO TUDO ?

O texto a seguir foi retirado da coluna do competente Jornalista Janio de Freitas da Folha de São Paulo de 23.07.2009.


Um negócio ofensivo

Que exóticas transações intrometeram a empreiteira Odebrecht em negócios franceses de submarinos?

A IMINENTE submissão do governo Lula à exigência francesa, para a venda ao Brasil de quatro submarinos convencionais, não só da construção de uma nova base naval paga aos vendedores, mas até de que a obra seja entregue à empreiteira Odebrecht, compromete mais do que a moralidade governamental, sempre duvidosa nos negócios.
Implica, antes de tudo, a sujeição a um desrespeito ofensivo à soberania brasileira por parte do governo francês, representado pela estatal Direction des Constructions Navales.
Além da compra de submarinos contestados, em um pacote já estimado em dez vezes outras propostas ("O Globo", 12.jul), a exigência francesa retira do Brasil o domínio de uma obra militar sua e em seu território. Com isso, o Brasil perde o controle dos custos, reajustes e outros expedientes das empreiteiras, e perde os segredos convenientes a uma base militar que se pretenderá estratégica.
Sob tudo isso perpassa um mistério: que exóticas transações intrometeram a empreiteira Odebrecht em negócios franceses de submarinos? A ponto de os levarem a planejar um negócio de dimensões estapafúrdias, que o governo Lula mostrou-se automaticamente pronto a aceitar.
É muito recomendável a dúvida entre estas duas hipóteses: a intromissão da empreiteira Odebrecht vem de lá para cá, como aparenta, ou foi remetida daqui para entrar lá no negócio e vir com ele, já sem concorrências e outros incômodos, até os gabinetes ministeriais, palácios e cofres brasileiros?
Lula se dispõe a assinar o contrato com os franceses no Sete de Setembro, quando da esperada visita do presidente francês. É uma data bem eloquente, para um negócio que submete a soberania.

Comentário deste BLOG :

Só falta agora eles permitirem que os franceses façam desta base naval um PORTO SEGURO para eles.

Mostra muito bem a vocação para submissão que tem esta " turminha " que está aí no executivo ( diga-se PTralhas )

Nenhum comentário: